Você já parou para pensar no impacto causado ao seu estabelecimento quando alguns processos indispensáveis não estão sendo seguidos?

Existem alguns fatores muito importantes a serem analisados para que os erros cometidos, desde a escolha do cardápio até a entrega do produto, não causem  um impacto indesejável para o seu negócio. Hoje vamos falar de alguns pontos que devem ser analisados cuidadosamente, para que você possa controlar os custos e desperdícios do seu restaurante.

  • Elaboração do cardápio: planejar um cardápio mensal pode ser um grande aliado para diminuir o desperdício e aumentar o poder de negociações de compras;
  • Planejamento de compras: verificar seu estoque antes de fazer o próximo pedido de compras é uma estratégia muito importante para não aumentar o custo de seu restaurante;
  • Ordem de compra: É uma autorização do comprador, usada para formalizar uma transação de compra com  um fornecedor. As informações contidas, como o valor negociado e as quantidade solicitadas ao fornecedor, serão ferramentas de grande valia para serem utilizadas no momento do recebimento;
  • Recebimento de mercadorias: No ato do recebimento os alimentos devem ser inspecionados e registrados em planilhas obrigatórias conforme lei vigente. Esta é uma maneira de evitar o recebimento de matéria prima deteriorada ou que não esteja dentro das conformidades, evitando assim que estes produtos sejam descartados posteriormente;
  • Armazenamento de produtos:  O armazenamento incorreto pode gerar um desperdício ocasionado por data de validade vencida ou por deterioração, devido ao armazenamento incorreto dos produtos fechados ou abertos.

*Danielle Olha é nutricionista graduada pela Universidade do Grande ABC e pós graduada em vigilância sanitária de alimentos e possui vasta experiência com estabelecimentos do segmento de alimentação.

Desde 2016 é proprietária da Qualittari, empresa que oferece serviços de redução de custos e desperdícios, técnicas para aumentar a rentabilidade do negócio e orientações de nutrição e gastronomia baseadas em normas e diretrizes vigentes estabelecidas em legislações, através de um planejamento operacional juntamente com um treinamento específico aos funcionários.